principal-manuel-polanco-moreno-2-es.jpg

Manuel Polanco

Membro do Conselho de Administração

Membro da Comissão Representante

Manuel Polanco, é licenciado em Ciências Económicas e Empresariais pela Universidade Autónoma de Madrid e tem um profundo conhecimento da PRISA, onde desenvolveu toda a sua carreira profissional. Iniciou a sua trajetória na América Latina, pela relevância que sempre teve o conhecimento e a compreensão desta região para a evolução do Grupo.

Entre 1991 e 1993, ocupou-se da direção da Santillana no Chile e no Peru. Pouco depois, tornou-se diretor geral do jornal mexicano La Prensa e participou no lançamento da edição americana do El País na Cidade do México, o primeiro jornal diário espanhol a ser publicado em simultâneo nos dois países e que, desde então, se tornou uma referência inequívoca para a informação internacional na América Latina. Em 1996, assumiu em Miami a direção internacional da Santillana para toda a América, etapa em que apoiou a criação das últimas filiais da Santillana na região e potenciou a coordenação entre as redes dos diferentes países.

De volta a Espanha em 1999, passou a presidir a área comercial de todo o Grupo através da GDM (Gestão de Meios) e, um ano depois, foi nomeado presidente da GMI, Gestão de Meios Impressos, que reunia as publicações Cinco Días e o jornal diário AS, as revistas e os novos investimentos na imprensa regional. Em 2005, e após a aquisição da Media Capital por parte da PRISA, passou a ser o diretor executivo da principal companhia de televisão e produção de audiovisuais de Portugal, abrindo uma etapa de impulsionamento na expansão internacional para outros mercados de língua portuguesa e consolidando a liderança do Grupo luso tanto na televisão, com a TVI, como na produção audiovisual para televisão através da Plural.

Em 2009, regressou a Espanha como diretor geral de negócios da PRISA e, nos últimos anos, presidiu a área de televisão do Grupo, incluindo o Canal + até à sua venda à Telefónica em 2015, assim como o lançamento da nova divisão de produção e vídeo da PRISA, ao mesmo tempo que ocupava a vice-presidência do Grupo. Polanco é administrador da PRISA desde 2001 e membro do seu Comité Executivo desde 2008. No dia 1 de janeiro de 2018, assumiu a presidência do Conselho de Administração da PRISA, cargo que desempenhou até dezembro do mesmo ano.

 

 

Categoria:

Conselheiro dominical nomeado a pedido de Timón, S.A. 

Datas da primeira e última nomeação como conselheiro da PRISA:

  • 19 abril 2001 
  • 1 abril 2016

Conselhos de administração de outras sociedades cotadas em bolsa a que pertence (*):

Conselheiro da Grupo Media Capital, SGPS, S.A

(*) Com exceção de: (i) sociedades de caráter meramente patrimonial ou familiar e (ii) cargos em sociedades que já constavam na nota biográfica anterior.

Conselhos de Administração de outras sociedades não cotadas em bolsa a que pertence (*):

  • Conselheiro Delegado da Rucandio, S.A.   
  • Vice-presidente da Timón, S.A.       
  • Administrador da Qualitas Venture Capital, S.A. S.C.R
  • Administrador da Tropical Hoteles, S.A.
  • Membro do órgão de administração de outras sociedades do Grupo PRISA

(*) Com exceção de: (i) sociedades de caráter meramente patrimonial ou familiar e (ii) cargos em sociedades que já constavam na nota biográfica anterior.

Outras atividades remuneradas:

O conselheiro não realiza outras atividades remuneradas diferentes das declaradas anteriormente. 

Participação no capital social da PRISA:

Ver mais. 

Ir para o início da página